quarta-feira, 15 de julho de 2009

Amigos.

Hoje me inspirei a falar deles. Estava lendo o blog da Thalita, minha amiga desde a infância, a primeira melhor amiga. Lá ela diz que amizade não tem uma data de início, apenas acontece. Se faz presente.
E nós duas somos grande prova disso. Ficamos 10 anos sem nos ver e nada mudou. Ela me ouve, posso me confidenciar com ela assim como fazia quando tinha 6 ou 7 anos. Mas não é só ela.
Tenho amigos que vejo todos os dias, bem como amigos que só vi uma vez na vida. E não são menos importantes por isso. Muitas vezes são mais presentes do que aqueles que posso tocar diariamente.
Por isso, penso que a frase 'Eu suportaria, embora não sem dor, que morressem todos os meus amores. Mas morreria se perdesse todos os meus amigos.' E é a mais pura verdade. Minha ligação com eles é algo forte, soldado com muito amor. E não há vento que destrua. Na maioria do tempo os interesses deles são mais do que os meus interesses. Enfim, meu sonho é que eu pudesse ter todos perto de mim, mas a geografia e a falta de teletransporte me impedem. :(

Coral Jovem do Rio

Mil beijos a todos! Até.

Um comentário:

  1. É verdade amiga. As vezes muitos dos amigos que vivem distantes de nós são mais presente que outro que vemos diariamente.
    Nossa amizade penso estar bem estruturada, pois já passamos por todos os tipos de situação, todos mesmo! Acho que tudo isso é consequencia de uma amizade de mais de 8 anos, não é verdade? Só quero que nossa amizade, por mais tempo que tenha não pare de nos surpreender.
    Realmente a geografia e a falta do teletransporte (que inventar isso, serei eternamente gratas =D) nos impedem de ver e estar com muitos amigos, aqueles que consideramos especiais, que temos mais que afinidade ou aqueles que gostamos do simples fato de estarmos ao lado.

    Nossa amizade é pra sempre! Até ficarmos velhinhas e contando nossas histórias alopradas aos nosso netinhos. rs (Claro, se Jesus não voltar antes disso)

    Te amo

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! :)