segunda-feira, 9 de maio de 2011

Passante.

oEste último sábado me deparei com uma cena muito triste. Estava em Artur Nogueira, região metropolitana de Campinas, SP. Esse menino viu que eu estava fotografando pessoas pela rua (estávamos no Action, que eu explico direitinho no próximo post) e ele pediu para que eu o fotografasse.
Eu disse que tudo bem e ele sorriu pra mim. Quando levantei a câmera, vi uma arma apontada para a lente. SUSTO! Era de brinquedo... mas me fez pensar o que passa na cabeça de uma criança de não mais que 8 anos...

Realidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! :)