terça-feira, 15 de setembro de 2009

He's died.


Como assim? Meu ídolo da adolescência se foi. Ok ok, não foram os Jonas Brothers nem o KLB. Talvez S&J, mas o que seria da minha vida sem conhecer a história de amor mais linda do mundo? Francis Housemann and Johnny Castle. Sim gente, Dirty Dancing. Dizem por aí que o maior sucesso de Patrick Swayze foi Ghost, mas que nada. Pra mim nada supera esse grande filme. Mas não to aqui pra falar do filme em si, e sim desse cara que pra mim é O Galã. Afinal, quem não suspirou aos olhares apaixonados de Johnny para a Baby? Todas as cenas são apaixonantes. Isso porque na década de 80, quando o filme foi rodado, ninguem dava nada por ele. Todos achavam um fracasso em potencial. Mas para ganhar o Oscar de melhor trilha sonora, é, acho que não foi. Aliás, que trilha. É perfeita.
Hoje de manhã, quando vi a notícia de sua morte no jornal eu fiquei realmente triste. Senti que ia mesmo sentir falta desse cara que eu nem mesmo conheci, mas fez parte da minha vida. E fará pra sempre. Hoje, ao assistir o filme, tive uma sensação diferente. Além da emoção da história, assistir Patrick é sempre uma emoção nova. Ok, ok. Eu já decorei o filme. Mas hoje fiz questão de assistir pela milésima vez em sua homenagem.
Patrick, a gnt se vê no céu. Beijo meu e de todos os seus fãs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! :)